13.8.11

Discernir


Discernir é entender a essência, é diferenciar o ouro autêntico do falso.
Sempre que tiro alguma coisa de seu contexto, deixo de entendê-la e começo a distorcê-la.
Todas as situações tem suas raízes históricas, seus efeitos presentes e suas implicações futuras.
Discernir é considerar as inter-relações de todos os ingredientes de uma situação.
Sem essa perspectiva sou impelido a proteger meus interesses, sou consumido pelo calor do momento, deixo de ver as conseqüências dos meus atos.

Brahma Kumaris



3 comentários:

Rita Maria disse...

Ôi Fátima, você está sumida, por onde anda e como tem passado?

Agora mesmo eu ví uma flor rocha num desses quadrinhos, achei linda, mas sumiu, vou procurar. Tenho vontade de ter um Blog, mas nem sei como fazer.

Voltei para o Flog...

Gostei muito da sua postagem aqui e no Flog só não comentei à respeito porque estou com embotamento mental... rsrs

Fica com Deus Fátima e até mais, dê notícias se puder.

Rita

Fabio Fraga disse...

Olá, minhas sinceras desculpas para vir aqui e poder retribuir a visita, muito obrigado pela sua visita, um grande abraço. Fabio Fraga.

Rodolfo Rios disse...

O seu blog é uma perfeita mensagem!

C/carinho
Isaias