8.5.10

Sem ti

 “Só e no mais: sem ti, jamais nunca.”
João Guimarães Rosa

Nenhum comentário: