19.3.10

Linho


A raiz do linho
foi meu alimento,
foi o meu tormento.

Mas então cantava.

Eugenio de Andrade.

Nenhum comentário: